Melatonina 3Mg 100 Doses

Ref.
2364
R$ 40,40 à vista
Quanto mais você compra mais desconto você tem

Melatonina 3Mg 100 Doses

R$ 40,40 à vista

Calcule o Frete


    O QUE É A MELATONINA?

    A Melatonina Oficial Farma traz inúmeros benefícios à saúde, tendo como principal induzir ao sono e proporcionar um descanso tranquilo e revigorante. Também possui atividade antioxidante, ou seja, combate os radicais livres e o envelhecimento precoce, além de ajudar na recuperação dos neurônios afetados pela doença de Alzheimer, episódios de isquemia cerebral e epilepsia. A melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal ou hipófise, durante a noite, para ajudar a regular o sono e a vigília. Como com o passar dos anos, sua produção cai, logo, a suplementação pode ser uma forma de suprir o corpo. Devido a essa queda, a insônia costuma ser mais frequente em idosos.

    Entre as várias ações da melatonina já comprovadas, se destacam também a atividade imunomoduladora, capaz de aumentar a imunidade e consequentemente, melhorar as defesas do organismo. Também ajuda a aumentar a produção natural de hormônio do crescimento (GH) e tem sido usada para tratar enxaquecas, distúrbios depressivos, doenças metabólicas, entre outros. A Melatonina Oficialfarma é um excelente suplemento para quem sofre com noites mal dormidas. Apesar de ser produzida de forma natural pelo organismo, sua produção cai com o passar dos anos, o que faz com que idosos sofram mais de insônia do que os jovens. Também ajuda a aumentar a produção de GH no organismo, possui atividade antioxidante, entre muitos outros benefícios.

     

    A MELATONINA ATUA COMO AUXILIAR EM QUAIS TRATAMENTOS?


    ●        Antioxidante;

    ●        Depressão;

    ●        Imunidade baixa;

    ●        Insônia;

    ●        Jet lag.


    O QUE FAZ A MELATONINA?

    Antioxidante:

    A melatonina é um hormônio produzido naturalmente pela glândula pineal, que está envolvido na regulação do sono e do ritmo circadiano. Além disso, a melatonina também possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, que podem ajudar a proteger as células e tecidos do corpo contra danos oxidativos e envelhecimento precoce.

    A ação antioxidante da melatonina se deve ao fato de que ela é capaz de neutralizar os radicais livres, que são moléculas altamente reativas e instáveis que podem danificar as células e contribuir para o desenvolvimento de doenças crônicas, como câncer, doenças cardiovasculares e neurodegenerativas.

    A melatonina também pode estimular a produção de enzimas antioxidantes, como a superóxido dismutase e a glutationa peroxidase, que ajudam a remover os radicais livres do corpo. Além disso, a melatonina pode inibir a produção de espécies reativas de oxigênio e nitrogênio, que são moléculas altamente reativas e danosas.

    Devido às suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, a melatonina pode ajudar a prevenir o envelhecimento precoce, bem como proteger contra doenças crônicas associadas ao estresse oxidativo, como o câncer e as doenças cardiovasculares.

     

    Depressão:

    A relação entre a melatonina e a depressão ainda é objeto de estudo, mas há evidências de que a melatonina pode desempenhar um papel importante na regulação do humor e no tratamento da depressão.

    A depressão é um transtorno mental que pode estar associado a desequilíbrios neuroquímicos, como baixos níveis de serotonina e alterações no sistema nervoso central. A melatonina é um hormônio que regula o sono e o ritmo circadiano, e também pode influenciar a produção de outros neurotransmissores, como a serotonina e a dopamina, que estão envolvidos na regulação do humor.

    Algumas pesquisas sugerem que a suplementação de melatonina pode ajudar a melhorar os sintomas da depressão em algumas pessoas. Um estudo publicado em 2016 avaliou a eficácia da suplementação de melatonina em pacientes com depressão, e os resultados indicaram que a melatonina foi capaz de melhorar significativamente os sintomas da depressão, em comparação com o placebo.

    Outro estudo, publicado em 2019, avaliou a eficácia da suplementação de melatonina em pacientes com depressão resistente ao tratamento, e os resultados indicaram que a melatonina foi capaz de melhorar significativamente os sintomas da depressão em alguns pacientes.

     

    Imunidade baixa:

    A melatonina pode desempenhar um papel importante na regulação do sistema imunológico, ajudando a fortalecer a resposta imune e prevenir doenças.

    A produção de melatonina está diretamente relacionada ao ciclo circadiano do corpo, e a liberação desse hormônio ocorre principalmente durante a noite, quando o corpo está em repouso. A melatonina pode estimular a produção de células imunes, como linfócitos, macrófagos e células NK, que são responsáveis pela defesa do corpo contra patógenos, como vírus e bactérias.

    Além disso, a melatonina também possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, que podem ajudar a proteger as células e tecidos do corpo contra danos oxidativos e inflamação. A inflamação crônica é um fator de risco para diversas doenças, incluindo doenças autoimunes, câncer e doenças cardiovasculares.

    Algumas pesquisas sugerem que a suplementação de melatonina pode ajudar a melhorar a resposta imune em pessoas com sistema imunológico comprometido, como idosos e pessoas com doenças crônicas. Um estudo publicado em 2020 avaliou a eficácia da suplementação de melatonina em pacientes com COVID-19, e os resultados indicaram que a melatonina pode ajudar a prevenir a progressão da doença e reduzir a gravidade dos sintomas.

     

    Insônia:

    A melatonina desempenha um papel importante na regulação do sono e, por isso, é frequentemente utilizada como um tratamento para a insônia.

    A produção de melatonina está diretamente relacionada ao ciclo circadiano do corpo, e a liberação desse hormônio ocorre principalmente durante a noite, quando o corpo está em repouso. A melatonina ajuda a regular o relógio biológico do corpo e a prepará-lo para o sono, promovendo a sonolência e reduzindo a vigília.

    A suplementação de melatonina pode ajudar a melhorar a qualidade e a duração do sono em algumas pessoas, especialmente em pessoas que têm dificuldade em adormecer ou em manter o sono durante a noite. Um estudo publicado em 2017 avaliou a eficácia da suplementação de melatonina em pacientes com insônia crônica, e os resultados indicaram que a melatonina foi capaz de melhorar significativamente a qualidade do sono, em comparação com o placebo.

     

    Jet lag:

    A melatonina pode ser eficaz no tratamento do jet lag, que é um distúrbio temporário do sono que ocorre quando as pessoas viajam através de vários fusos horários. O jet lag ocorre porque o relógio biológico do corpo, que é regulado pela melatonina, não consegue se ajustar rapidamente à nova programação de sono/vigília no novo fuso horário. Como resultado, as pessoas podem experimentar insônia, sonolência diurna, irritabilidade, fadiga e outros sintomas.

    A suplementação de melatonina pode ajudar a acelerar a adaptação do relógio biológico do corpo ao novo fuso horário, reduzindo os sintomas do jet lag. Um estudo publicado em 2002 avaliou a eficácia da suplementação de melatonina em pessoas que viajaram através de cinco fusos horários, e os resultados indicaram que a melatonina foi capaz de melhorar significativamente a qualidade do sono e reduzir os sintomas do jet lag.


    QUAL A COMPOSIÇÃO DA MELATONINA?

    Cada 1 dose Contém:

    Melatonina 3mg

    Excipiente q.s.p. 1 dose

    *celulose microcristalina, carbonato de cálcio DC 90, estearato de magnésio.


    COMO USAR A MELATONINA?

    Tomar 1 dose antes de dormir ou conforme orientação profissional.


    ADVERTÊNCIAS:

    A melatonina deve ser evitada por pessoas com diabetes mellitus, depressão, distúrbios de coagulação do sangue, pressão arterial alta ou baixa, epilepsia ou que estiverem usando qualquer medicamento para prevenir a rejeição de órgãos transplantados. Foram relatadas reações como fadiga, cefaleia, tontura e irritabilidade, além de sonolência diurna. O efeito em longo prazo ainda é desconhecido. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico. Não use o produto com o prazo de validade vencido. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o produto se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem. Deve ser mantido fora do alcance das crianças. Este produto não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica. O uso do produto durante o período de amamentação também não é recomendado. Este produto não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado. Imagens meramente ilustrativas. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO" "Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico. Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.”


    Mais informações
    Marca OficialFarma
    Concentracao 3 mg
    Formato Cápsulas / Comprimidos
    Qual é o peso? 0,046
    Tratamento Antioxidantes, Depressão, Imunidade baixa, Insônia, Jet lag
    Benefícios Durma bem e acorde melhor ainda! A Melatonina Oficialfarma é capaz de proporcionar uma noite de sono tranquila e revigorante, possui atividade antioxidante e ajuda a aumentar a imunidade. gorado.
    Composição

    Melatonina 3mg

    Excipiente q.s.p. 1 Dose

    Modo de Usar

    Tomar 1 dose antes de dormir ou conforme orientação profissional.

    Advertências
    • 1-A melatonina deve ser evitada por pessoas com diabetes mellitus, depressão, distúrbios de coagulação do sangue, pressão arterial alta ou baixa, epilepsia ou que estiverem usando qualquer medicamento para prevenir a rejeição de órgãos transplantados.
    • 2 - Foram relatadas reações como fadiga, cefaleia, tontura e irritabilidade, além de sonolência diurna.
    • 3 - O efeito em longo prazo ainda é desconhecido.
    • 4 - Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
    • 5 - Imagens meramente ilustrativas.
    • 6 - Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
    • 7 - Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
    • 8 - Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
    • 9 - Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
    • 10 - Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
    • 11 - Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
    • 12 - Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
    • 13 - O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
    • 14 - Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
    • 15 - "se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado"
    • 16 - "Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico. Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como o uso correto do produto conforme descrito na posologia.”

    Encontramos outros produtos que você pode gostar!