Oficial Farma
Menu

Oficial Farma

Meu Carrinho

  • Compra 100% Segura - Site Protegido

  • Acumule Pontos com suas Compras

Desconto Progressivo

    Pygeum Africanum 100Mg 60 Cápsulas

    De: R$ 48,60Por: R$ 37,99

    Preço a vista: R$ 37,99

    Economia de R$ 10,61

    Parcelamento no cartão
    Opções de Parcelamento:
    • à vista R$ 37,99
    Outras formas de pagamento
    Comprar
    Acumule
    Pontos Fidelidade:
    de bônus para próxima compra!

    SEGURANÇA



    PYGEUM AFRICANUM 100MG



    Planta da família das Rosaceae. Pygeum africanum é uma planta perene que cresce nas florestas montanhosas da África. Os médicos europeus foram os primeiros a prescrever esse extrato da casca por ano para ajudar a preservar a saúde da próstata e promover o bem estar geral do sexo masculino.



    O QUE É?



    O Pygeum (Pygeum africanum) é uma planta medicinal também conhecida como madeira-de-ferro, cereja-africana, ameixa-seca, dentre outros nomes medicinais. Inclui o sinônimo botânico Prunus africana, pertence a família Rosaceae.
    O uso medicinal do pygeum é conhecido desde o século XVIII, quando as tribos africanas ensinaram aos primeiros exploradores europeus sobre a utilização da casca da planta para tratar desconforto na bexiga. O extrato é usado na Europa para tratar a hiperplasia prostática benigna (HBP) desde 1960. A HBP se carateriza pelo aumento benigno da próstata não-canceroso que restringe o fluxo de urina da bexiga. A casca contém vários componentes, incluindo beta-sitosterois, que exibem ação anti-inflamatória através da inibição da produção de prostaglandinas na próstata. Outros componentes do incluem ácido ferúlico e ésteres, que reduzem os níveis de prolactina (um hormônio que promove a captação de testosterona na próstata), e triterpenos pentacíclicos, que inibem uma enzima envolvida na inflamação e ajudam a reduzir o edema. Os cientistas acreditam que esses fitoquímicos trabalham juntos para ajudar a combater as alterações estruturais e bioquímicas associadas com a hiperplasia prostática benigna. O pygeum também estimula as secreções glandulares, abaixa os níveis de colesterol e reduz o inchaço e a inflamação, além de inibir as prostaglandinas que contribuem para a congestão vascular.Possui também em sua composição beta-sitosterol, triterpenos (ácido ursólico e ácido oleanólico) e taninos.

    PYGEUM AFRICANUM PARA A SAÚDE SEXEUAL DO HOMEM



    Como tônico masculino, o Pygeum africanum aumenta as secreções prostáticas e melhora a qualidade do sêmen. Também pode aumentar a capacidade de ereção e ajuda a combater a infertilidade masculina. O extrato do pygeum demonstrou resultados positivos em estudos in vitro em ratos para utilização contra o câncer de próstata. Em um estudo publicado na edição do Archivio di Italiano Urologia, Nefrologia, Andrologia em setembro de 1991, 18 pacientes com condições de saúde incluindo disfunção erétil e ejaculação dolorosa (em função de hiperplasia prostática ou prostatite crônica) receberam extrato de pygeum diariamente durante 60 dias. Os pesquisadores relataram uma melhoria da condição sexual dos pacientes durante o tratamento. Segundo a Universidade de Maryland Medical Center, a hiperplasia benigna da próstata se condição relativamente comum em homens acima de 60 anos. A hiperplasia é um aumento não canceroso da próstata que pode causar micção frequente, vontade súbita de urinar, dificuldade em urinar e esvaziamento incompleto da bexiga. Também pode levar a infecções da bexiga e problemas renais. O National Institutes of Health (NIH), uma agência do Departamento de Saúde dos Estados Unidos e também considerado um dos centros de pesquisa médica mais importante do mundo, concedeu a casca do pygeum nota “A” para o tratamento de sintomas de hiperplasia prostática benigna, embora o pygeum não diminua o tamanho da glândula da próstata.

    QUEM PRECISA? EXISTE ALGUM EFEITO COLATERAL?



    É usado geralmente para manter a saúde da próstata em homens acima dos 50 anos. Não existem sintomas de carência. Não existem interações medicamentodas, mas em algumas raras ocasiões, podem ocorrer náusea ao tomar o Pygeum.


    Sugestão de uso e benefícios desenvolvidos por profissional habilitado. Todo produto deste site possui dosagens dentro dos padrões usuais.

    Especificação

    EspecificaçãoÉ a planta da saúde masculina, especificamente formulada para a saúde da próstata, mas também trata sintomas como a vontade frequente de urinar e as dores ao urinar.

    Advertência

    Advertência"Se persistirem os sintomas, o medico ou farmacêutico deverá ser consultado"
    "Evite a automedicação. O medicamento mesmo livre de obrigação de prescrição médica merece cuidado"
    "As indicações postas não se tratam de propaganda, e sim de descrição do produto"
    "Consulte sempre um especialista"
    "As imagens postas são meramente ilustrativas"
    "As indicações dos produtos são baseadas no conhecimento científico do profissional farmacêutico e laudos de aquisição dos produtos junto aos fornecedores autorizados pela Anvisa"

    Benefícios



    Benefícios



    PYGEUM AFRICANUN 100MG 60 CÁPSULAS OFICIAL FARMA









    PYGEUM-AFRICANUN:









    Muitos benefícios para a saúde da próstata




    O QUE É PYGEUM-AFRICANUN:  






    O Pygeum africanum é a casca de uma árvore perene nativa de algumas regiões da África. Geralmente a casca não é colhida até a árvore estar completamente desenvolvida. A casca contém três grupos de componentes ativos: fitosteróis (como beta-sitosterol), triterpenóides pentacíclicos (incluindo ácidos ursólicos e oleaicos) e ésteres ferúlicos de álcoois graxos de cadeia longa (incluindo ésteres ferúlicos de docosanol e tetracosanol).

     

    A casca da árvore contém óleo com muitos ingredientes ativos; ceras, ácidos graxos, e outros compostos menos familiares. A principal atividade biológica do Pygeum está vinculada a um composto de fitosterol conhecido como beta-sitosterol. Os fitosteróis são estruturalmente semelhantes ao, mas muito menos eficientemente absorvidos da dieta do que, o colesterol. A força biológica dos fitoesteróis, entretanto, é semelhante à dos hormônios; portanto, uma quantidade muito pequena parece suficiente para iniciar uma resposta.




    POR QUE TOMAR ?  



    Pygeum tem demonstrado ter muitos benefícios para a saúde de um homem e sua próstata. O Pygeum é principalmente usado para tratar hipertrofia prostática benigna, ou HPB, uma condição que afeta os homens a partir dos 40 anos, mas cada vez mais com a idade: 30% dos homens com 50 anos; 50% dos homens com 60 anos; e praticamente 80% dos homens com 70 anos. A HPB implica duas alterações da próstata: maior tamanho e maior densidade do tecido. Estas alterações causam sintomas de necessidade frequente de urinar pequenos volumes, menores secreções prostáticas, menor esvaziamento da bexiga. O esvaziamento incompleto da bexiga aumenta o risco de infeções da bexiga, edema e inflamação, e possivelmente, câncer da próstata. Os níveis de açúcar no sangue e a função imunológica também melhoram.

     

    Tem sido demonstrado ser útil na condição relacionada à prostatite crônica, com e sem disfunção sexual relacionada com a próstata, e infertilidade devido à redução nas secreções prostáticas. Devido a ações como um regulador e antiinflamatório do sistema imunológico, o Pygeum também tem sido estudado para utilização com outros tratamentos para hepatite C e HIV.

     

    Os fitosteróis do Pygeum são antiinflamatórios. O Pygeum também reduz edema (o inchaço causado por um excesso de fluidos), reduz os níveis de prolactina hormonal, reduz e inibe a atividade do colesterol na próstata. Prolactina, cujos níveis são aumentados ao beber cerveja, estimula o consumo de testosterona pela próstata, aumentando os níveis de um metabólito responsável pelo aumento das células prostáticas, dihidrotestosterona (di-hidro-testosterona), (DHT). O colesterol aumenta a influência da DHT.

     

    Os europeus aprenderam sobre a utilidade desta planta no tratamento do que é conhecido como "doença do homem idoso". Continua a ser amplamente popular na Europa e como remédio para HPB, especialmente em França onde a utilização do African pygeum para HPB é de cerca de 80%.




    QUEM PRECISA? EXISTE ALGUM EFEITO COLATERAL?  



    É usado geralmente para manter a saúde da próstata em homens acima dos 50 anos. Não existem sintomas de carência.



    Não existem interações medicamentosas, mas em algumas raras ocasiões, podem ocorrer náusea ao tomar o Pygeum.






    "Sugestão de uso e benefícios desenvolvidos por profissional habilitado. Todo produto deste site possui dosagens dentro dos padrões usuais.” 



    Composição

    ComposiçãoPorção: 1 Cápsula
    Pygeum Africanum - 100Mg 60 Cápsulas

    Modo de Usar

    Modo de UsarModo de usar: Para Adultos, Tomar 1 Cápsula Duas Vezes Ao Dia Preferencialmente Com As Refeições.

    De: R$ 48,60Por: R$ 37,99

    Preço a vista: R$ 37,99

    Economia de R$ 10,61